Domingo, 6 de Setembro de 2009

ECOS DE INSENSATEZ

 

 foto: pauloel

 

 

 

JOGADAS

 

 

Sempre ouvi dizer, que não é da ignorância, mas sim do conhecimento que surge a dúvida. Já dizia Descartes, que a dúvida era um dos pilares da filosofia e só com ela era possível atingir a verdade.

 

Porém, nos dias de hoje a dúvida passou a ser sinónimo de instabilidade, de insegurança, e motivo de condicionamento de  reflexos, comportamentos, e até ideias.

 

 O professor Medeiros Ferreira numa das suas crónicas mais recentes dizia a propósito do Jornal da TVI que:
Se tivesse que caracterizar a actual fase da vida pública portuguesa, diria que se estão a ensaiar vários cenários para um regime musculado. As medidas de força fazem parte desse ensaio geral: servem para estudar reacções, fixar pontos de resistência, localizar apoios, perceber se é possível continuar.”
Concordando em absoluto, arrisco a afirmar que estamos perante mais uma de muitas jogadas, cujo resultado mais evidente é apenas o suscitar da dúvida.
São jogadas “clandestinas “ em que nunca se chega a saber, quem são na realidade os jogadores, nem o que realmente chega a ser feito para levar a dúvida até ao esclarecimento, até á verdade.
Vivemos numa sociedade onde o “será verdade”, facilmente passa a “talvez fosse” e a investigação e a justiça não serão  suficientemente céleres  para,  tal como Descartes, se isolarem numa sala em profunda reflexão, e dela extraírem apenas verdades absolutas.
Age-se de acordo com o jogo que se tem na mão, e entrando com o trunfo mais alto  logo de início. Quando  o objectivo é  ganhar,  descobre-se que também se ganha, não perdendo!
É a lei do mais forte a imperar, numa sociedade onde se continua a “disparar” antes de perguntar “quem vem lá”, e onde” a culpa nunca chega a casar antes de morrer “, que é como quem diz:
A Culpa, essa, morre sempre solteira!

publicado por pauloel às 01:44
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Elas a 6 de Setembro de 2009 às 19:37
Estou a iniciar-me no mundo da blogosfera

se puderem passem por aqui: http://palpitefinal.blogs.sapo.pt/

Espero que gostem


De KV a 7 de Setembro de 2009 às 12:40
nao havia cores mais berrantes ? escreve um ecos de cores que nao interessam nem ao menino jesus


Comentar post

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar

 

Ecos recentes

I BELIEVE I CAN FLY

ECOS DO CONHECIMENTO

ECOS DE INDIFERENÇA

ECOS DE MUDANÇA

ECOS DE INCERTEZA

ECOS DE PRESSENTIMENTO

ECOS DE REGRESSO

ECOS DE DESCONTRAÇÂO

ECOS AO OUVIDO

ECOS DE DESPEDIDA

ECOS DA CRIANÇADA

ECOS DE EFICÁCIA

ECOS DE CALOR

ECOS DA NATUREZA

ECOS DE FÉ

DIA INTERNACIONAL DA MULH...

ECOS DE BAIX0 NÍVEL

ECOS DE PARVOÍCE

ECOS DE COMÉRCIO

ECOS DO ASTRO REI

Ecos recentes

I BELIEVE I CAN FLY

ECOS DO CONHECIMENTO

ECOS DE INDIFERENÇA

ECOS DE MUDANÇA

ECOS DE INCERTEZA

ECOS DE PRESSENTIMENTO

ECOS DE REGRESSO

ECOS DE DESCONTRAÇÂO

ECOS AO OUVIDO

ECOS DE DESPEDIDA

ECOS DA CRIANÇADA

ECOS DE EFICÁCIA

ECOS DE CALOR

ECOS DA NATUREZA

ECOS DE FÉ

DIA INTERNACIONAL DA MULH...

ECOS DE BAIX0 NÍVEL

ECOS DE PARVOÍCE

ECOS DE COMÉRCIO

ECOS DO ASTRO REI

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 11 seguidores

tags

todas as tags

SAPO Blogs