Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

ECOS DE PREDESTINAÇÃO

 

 

foto: pauloel

 

SEMÁFORO DA VIDA

 

Estava parado no semáforo em plena "hora de ponta" com o vermelho aceso. Como o sinal estava verde na perpendicular, observava a velocidade com que os carros "arrancavam" e imaginava alguém com uma bandeira axadrezada a acenar e a gritar: 3, 2, 1 - Partida!

 

As pessoas, mesmo as que andam a pé correm, mas correm a sério, dando a sensação que anda tudo atrasado, ou diria mesmo sempre cheio de pressa para tudo. Estava eu a pensar nisto, quando ouço uma enorme buzinadela, o sinal estava verde e eu como me descuidei alguns segundos não tive perdão. Era mais alguém atrás de mim e imagine-se: cheio de pressa!  

 

Entre manobras de retrovisor fiz uns acenos com a mão, como quem diz  " vai com calma ", e logo no meu espelho apareceu um dedo a apontar para um relógio, também como quem  diz   " estou atrasado" .

 

Vive-se de forma intensa, rápida, e sem escrúpulos discutem-se as prioridades, desrespeitam-se sinais de trânsito, traços contínuos, semáforos  e limitadores de velocidade. Importa chegar rápido, de preferência em primeiro, e se possível com alguma manha ou maestria para poder sempre ultrapassar os outros.

 

Ultrapassar passou a ser palavra de ordem nos dias de hoje, e já não falo de estradas, mas sim de carácter, de personalidade e de valores.

"Se eu odeio esperar, se me quero despachar, ainda vou ceder o meu lugar, a minha vez?"

 

" Não senhor, primeiro eu, depois eu, e logo se verá!"

 

Actos de cavalheirismo pertencem ao passado e a ansiedade anda não só a tomar conta de nós, como também a transformar-nos e alterar a nossa maneira de ser e estar. Paciência, calma,  atitudes ponderadas e reflectidas que não envolvam cronómetro, estão a ser "banidas" do rol de características pessoais, pois colidem com a velocidade social e actual.

 

Gerir as vinte e quatro horas do dia , cada vez é tarefa mais difícil. "Não temos tempo para nós, não temos tempo para os nossos filhos, não conseguimos tempo para ir ás compras (logo os centros comerciais deviam estar abertos toda a noite),  não temos tempo para nada... não temos tempo...!"

 

Por isso andamos todos cheios de pressa, todos procuramos o semáforo verde, que nos permite avançar o mais rápido possível,  de preferência em todas as direcções,  ignorando na maioria das vezes a predestinação  do azimute que trazemos traçado e para onde avançamos todos á mesma velocidade.

 

Garantidamente, aí vamos " tirar o pé do acelerador" e desejar que o semáforo esteja vermelho  e a advertir :

 

PARE, ESCUTE E OLHE!

 

 

 

 

 


publicado por pauloel às 13:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar

 

Ecos recentes

ECOS DE PREDESTINAÇÃO

Ecos recentes

ECOS DE PREDESTINAÇÃO

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 10 seguidores

tags

todas as tags

SAPO Blogs