Domingo, 8 de Novembro de 2009

ECOS DE SENSUALIDADE

 

(imagem da net)

 

WEGUE WEGUE POPOTA

 

Aproxima-se o Natal e com ele a política de publicidade e marketing apelando ao consumo cada vez mais cedo. Os brinquedos já invadiram as zonas comerciais, tendo os espaços sido remodelados os géneros trocados de local por forma a que os nossos olhos "tropecem" na quinquilharia de plástico, e nos forcem a largar os euros.

 

Com as revoluções no mundo da estética feminina, (os implantes e o botox) os estereotipos de conceitos de beleza artificiais começaram também a chegar ao mundo do marketing dos brinquedos atacando de um modo acertivo um "hipopótamo fêmea".

 

De Natal para Natal esta criatura tem vindo a sofrer alterações físicas de beneficiação estética, que ao longo do tempo têm vindo a transformar um hipopótamo pesado, numa bailarina de coxas roliças, a exalar sensualidade.

 

Sou gajo para especular e dizer que se a promotora da imagem do animalzinho rosado continuar com a mesma linha de raciocínio, no Natal de 2010 o video vai ter como cenário um clube nocturno, adereçado com um varão de inox sob ténues luzes coloridas e um hipopótamo fêmea roliço e com pouca roupa, a arriscar um numero de " table dance".

 

A música ... essa até pode ser idêntica  á deste ano, apenas com umas ligeiras alterações na letra...

 

Em vez do: " wegue wegue ... pó...pó...pó... ta "   passar a:   

 

" Wegue Wegue ...pu...pu...pu...ta "    Lol !

 

 

 


publicado por pauloel às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar

 

Ecos recentes

ECOS DE SENSUALIDADE

Ecos recentes

ECOS DE SENSUALIDADE

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 10 seguidores

tags

todas as tags

SAPO Blogs